CANTINHO FELIZ

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

SERÁ QUE ALGUEM ME ENTENDE????

Oi meninas!!!!
Hoje eu não estou muito bem....Coloquei o meu filho na creche, ele começou na terça-feira, meu marido achou melhor assim, disse que contato com outras crianças seria melhor pra ele, e etc. Concordei. Fomos na creche, uma gracinha!!! Conversamos com a Diretora, as professoras e tal... Ele fica com a minha mãe enquanto estou trabalhando... eu engravidei ainda na faculdade, marido tbm estava na faculdade, então meu filho fica com ela desde sempre...mas vó, vcs devem imaginar.... Mima de mais!!!! Mas ele é bem cuidado e eu fico tranquila com ele na minha mãe.... Bom vamos aos fatos:
Ele foi na creche... mas foi aquela choradeira....Fiquei morrendo de dó, fiz de tudo pra incentivar, comprei mochilinha pra ele, passei perfuminho que ele gosta, disse que ele ter um monte de amiguinhos... mas nada adiantou. Se fosse só o chorôrô até que tudo bem, eu já estava preparada... mas ele ficou lá 3 dias, terça, quarta e quinta, e nesses 3 dias ele não comeu nada enquanto estava lá....Desde as 8:00 hs até as 17:00hs que é a hora de ir buscar ele....
Mas o pior não foi só isso... na sexta-feira ele acordou com diarréia e febre, eu to dando remedio mas ainda não cortou completamente... Acho que ele ficou traumatizado tbm, porque agora nem em casa ele quer ficar... Ele fica chorando e chamando minha mãe o tempo todo...
Aí, olha a minha situação: O meu marido fica estremamente irritado e diz que a culpa é minha, porque eu devia ter posto na creche mais cedo. O meu filho fica chorando e fazendo birra, (e não existe no mundo algo que me deixe mais irritada que birra), os meus pais estão chateados comigo porque eu tirei o meu filho da "casa deles" e agora o menino está doente, por minha culpa!
Alôoo!!! Será que eles não entendem que quem mais sofre com essa situação sou eu???
Eu sou a mãe, que o filho tá doente!!! Eu sou a esposa da pessoa que disse que era melhor por o filho na creche e ele ficou doente!! E sou a filha da mulher que me culpa pelo meu filho está doente!!!
Eu estou um caco, nem fome eu tenho mais.... Minha cabeça não pára de doer!!!
Eu acho que meu filho não me reconhece como mãe....E agora???
Alguem ja passou por isso e pode me ajudar por favor??? Não sei mais o que fazer???

9 comentários:

Marcia Pergameni disse...

Amiga que situação difícil!!!! a minha filha é uma tagarelinha por isso não tive problemas com a adaptação dela na creche. Ela está com dois anos e sete meses e ficou ano passado 4 meses numa creche particular por meio período. E este ano consegui vaga na creche municipal em horário integral. Mas eu entendo vc qdo fala que avó mima demais. Meus filhos tb ficam com a minha mãe. Mas meu coração fica apertadinho todo dia qdo saio pra trabalhar (bem cedinho!) porque eles ficam lá. E eu passo o dia todo na rua, só falo com eles por telefone. Que ninguém nos ouça(kkkkk) mas minha vontade é largar tudo e ficar com eles o dia todo, cuidando de tudo. Meu sobrinho esta com 3 anos e 6 meses. Só este ano ele foi pra creche e esta exatamente como seu filho. Mas minha irmã esta desempregada e já disse que se ele não parar de chorar ou voltar a comer que vai tirá-lo de lá. Eu amo meus pais e meu marido tb. Mas qdo eles começam a dar conselhos superiores, se é que vc me entende!!, eu corto amiga. escuto e digo que vou fazer o que eu e meu marido decidimos. E com o marido é a mesma coisa. Se ele fala uma gracinha ou coloca a culpa de alguma coisa em mim vorto logo e falo que ele tb é responsavel. Amiga mostre que vc é a mãe, inclusive para o seu filho. É vc que decide sobre o que é melhor pra ele. e pode contar comigo sempre. Se vc precisar de uma amiga pode contar sempre comigo. se quiser leia o blog Mulher e mãe. Vc vai amar as meninas e as dicas!!! bjus

Deusa disse...

Não...nada disso.Em primeiro lugar,você fez foi muitissimo bem em não coloca-lo nas mãos de estranhos mais cedo,evitou muitos aborrecimentos e talvez coisas piores,pois ele com certeza não saberia te contar.Depois que ele não esta gostando de alguma coisa na tal creche,ouça seu filho e deixe o resto falando...ouça o que ele esta te transmitindo,ele não esta bem la,tire.Depois o que ele tem não e emocional e virose,estamos na época,de muito liquido e leve ao medico para cortar a diarreia.Ele da birra porque chamar sua atenção,pare e converse com ele,coloque limites,mas va com calma,ele e pequenino e vai reagir ate entender.Mas não deixe de tentar entender o que se passa.
Se seus pais podem ficar com ele...qual o problema...que mimem mesmo,mas que coloquem normas,limites.
Peça ao seu marido para entender que ele (criança)e que pare de culpar a você por isso,acusar não dianta em nada,jamais faço isso com o meu marido.
Eu não mandaria para creche deste jeito nunca,quem mais perde se algo acontece e a mãe.
Se for inevitavel coloca-lo então tire uns dias no trabalho e va junto ate ele entender que não esta sendo abandonado,logo ele vai fazer uma turmonha e se acostumar...va junto.
Deusa

Deusa disse...

So um recadinho...sabe qual e o outro nome de uma mãe?..culpa..culpa..culpa,o tempo todo,se faz certo,se faz errado,se não faz,se faz demais....rsrsrsrs,e taambém o outro nome de esposa...culpa sempre
Deusa

Janaina Cassis disse...

Oi linda!
Te vi no blog vasinhos coloridos e vim aqui te dar uma força...
Olha passei por algo parecido, trabalhava meio período e minha filha ficava com minha mãe enquanto eu trabalhava.
Aí heis que eu e marido resolvemos que seria melhor ela ir pra escolinha, pelos mesmos motivos que vc citou, mas claro que minha mãe ficou chateada e até magoada, mas aí entra o diálogo, ou seja converse, fale o que vc sente e de fato o que aconteceu, sinceridade é a melhor coisa.
Mas assim não precisa falar "foi meu marido que quiz assim", não fale, nem que de fato seja, mas o importante é vc tentar manter a família e quem os cerca em harmonia, nada dos seus pais pensarem mau do seu marido, não mesmo, então seja humilde ligue pra sua mãe diga que seu filho está chamando por ela, peça que venha e pense somente no qto isso será bom pro seu pequeno.
Qdo ela vir, longe de todos, tenha uma conversa com ela, faça ela ver o seu lado e se ela disser alguma coisa que vc não goste, paciencia, e diga "respeito o que disse" mas só quiz fazer o melhor por ele, e exponha os porques e principalmente não abaixe a cabeça, se não aguentar chore, mas mantenha sua opinião e peça desculpas "se" magoou sua mãe de alguma forma...
Bom voltando a minha história, minha filha tbém ficou doente qdo foi pra escola e várias vezes, ficou doente até bem seriamente, na época tbém fiquei arrasada, mas como os médicos mesmo dizem isso é normal, a imunidade deles é baixa por não terem contato com outras crianças, fique tranquila vai passar, mas nesse momento não tenha orgulho e pense somente no amorzinho da sua vida que é o seu filhote...
Beijinhos e espero ter ajudado, Jana Cassis.

janeladesonho.blogspot disse...

Oi Janete , minha querida aguenta firme !!!!
Todas nós ja passamos por isso , com no minimo um carrasco a nos culpar , nossa consciência , em geral as crianças se acostumam com o passar dos dias , talvez ele tenha percebido a guerra e esta tentando ver se ganha a parada , afinal quem não quer ser paparicado pela vó querida , mas pense ... ele vai ganhar muito com isso , desde que a creche seja um local adequado , com o seu olhar atento para tudo , ele só tem a ganhar , fica assim não !!! Força ! Olha fiqeui super feliz Janete entra em caontato com a neli , esta no post do encontro e se puder divulgue , vai ser muito bom , por ser no shopping fica facil para os maridos se distrairem né?!?!!?Vou passar o endereço do seu blog pra ela tá? bjimmm te espero fica com Deus

Mamãe do Danielzinho disse...

Olá Janete,
Li seu comentário no Recanto das Mamães Blogueiras. Olha, eu não nunca passei por isso mas entendo seu sofrimento...as pessoas sempre buscam culpados, inclusive pessoas que amamos, mas não receba essa carga de culpa sobre você porque tudo que vc fez foi o que achou que era melhor para seu filho. Tente conversar com seu marido e seus pais sobre como vc se sente a respeito disso tudo...
Estou torcendo para que tudo se resolva.
Beijinhos,
Lauri - do Recanto

Prô Cris Chabes disse...

Olá Janete, em primeiro lugar não se culpe. Jamais se culpe.
Meu nome é Cris Chabes, faço parte do Recanto das Mamães Blogueiras. Tenho dois filhos, um com 25 e outro com 20.
Já passei por isso com os dois. Na época do mais velho, precisei voltar a trabalhar para ajudar nas despesas em casa e deixei o Marcelinho com minha mãe. Mas ela ficava falando que não tinha mais tempo para nada, então decidi coloca-lo em uma escolinha e ele ficou muito doente.
Então mudei tudo. Passei a deixa-lo na minha cunhada e em outra escola (1/2 período) e aos poucos as coisas foram melhorando.
Não se culpe e não deixe ninguém culpa-la. Você é a mãe e precisa mostrar que todos cometem erros, inclusive sua mãe e seu marido. Mostre a eles os erros deles.
Não tenha medo, seja humana.
As pessoas esperam que as mulheres/mães sejam "santas" ou "perfeitas", mas não há no mundo perfeição além de Deus.
Não assuma tudo sozinha.
Você fez uma tentativa e não deu certo, ponto final.
Coloque em outra escola, desta vez tente 1/2 período. Converse seriamente com sua família sobre o que devemos falar na frente das crianças.
Não deixe sua mãe ou seu marido expor sua fragilidade na frente do seu filho. Isso não é esconder quem somos, mas sim esperar que eles sejam maduros para entender.
Sempre que precisar conte conosco.
Você vai conseguir! Acredite! Tudo passa! Seu filho sabe quem é a mãe dele: VOCÊ.
Seja forte.
Um Abraço
Cris Chabes

P.S. Vou aproveitar e contar minha experiência sobre isso no texto de sábado, passe no Recanto e leia.

Michelle Sales disse...

Janete querida que situação, eu ainda não sou mãe, mas acho que serei uma boa mãe, penso o seguinte: sua mãe te ajuda bastante vc deve ser muito grata a ela, mas o filho é seu, acho que vc e seu marido devem tomar as decisões em relação a ele, ás vezes vc tb pode estar afastada dele e até mesmo um pouco acomodada pelo fato de sua mãe te ajudar sempre... mas não se culpe, converse numa boa com seu marido, faça mais programas em família ( só vcs 3), converse com o seu filho sobre a creche, incentive e peça ao seu marido que faça o mesmo, assim como seus pais também devem te ajudar nessa nova fase, converse com eles, agradeça tudo que eles fazem por vc e pelo seu filho, mas deixe bem claro que chegou a hora dele se interagir com outras crianças e aprender coisas novas...

E em relação ao pequeno imagino que ele também deve estar sofrendo muito, então todos os adultos ao invés de arrumar um culpado para a situação devem ampará- lo e incentivá-lo...

Espero que vc consiga resolver tudo isso...

Vim te agradecer pela visita no meu blog e dizer que espero que você volte sempre por lá...

Já virei seguidora...

Bjão.
Mi

Fabiana Tardochi disse...

Oi Janete! Adptações, mudanças na rotina fazem parte. Vc teve a sorte de ter sua mãe com quem podia contar em deixar seu pequeno. Eu não tive essa sorte, meu filho mais velho ficava com uma empregada em casa, mas quando completou 3 aninhos eu coloquei numa escolinha para que fosse brincar. Não me deu trabalho nenhum. O segundo eu já não trabalhava e fiquei em casa com ele até a mesma idade, depois foi para a escolinha como o outro. Tudo tem sua hora e cada criança reage de uma maneira. Não se culpe. Tudo dará certo no tempo certo.
Beijos